quarta-feira, 1 de julho de 2009

Me agarrei,

Me agarrei a todo ele, a cada letra, palavra, frase, parágrafo. Fatos e sonhos.
A tudo contido nele, na história.
A todas as semelhanças de dor.
E de alegria.
Me agarrei completa e totalmente.
Está me sustentando e me pondo de pé novamente.
hope.
Frustrante ver o quão utópico é tal amor descrito. "eternidade" - inexistência várias vezes mencionada. Tantos sonhos e tanta ilusão. Mas em um livro fictício você não se machuca então não ha problemas em acreditar. E se fascinar *-*
Talvez ache tudo isso ridículo com o passar do tempo.
Mas nesse tempo de agora, esta sendo muito bom me agarrar a isso.
Um apoio. Algo em que pensar. E “viajar” sem o menor problema.
Exceto por controlar a ansiedade e a fome de mais.
E nem pensar que isso vai acabar. Não! No momento só ler, imaginar e sonhar.
Todo ser humano precisa de um pouco de utopia na vida às vezes não?
^^
Pelo menos lá, saio daqui. Deste mundo.
Abandono tudo e todos. Vivo para minha imaginação.
Um transe.
Submersa.
Apenas a respiração e as reações do corpo continuam conforme a leitura prossegue.

Então...
O tempo passa. Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada tic-tac do relógio faz sua cabeça doer como se fosse um fluxo de sangue passando por uma ferida. Ele passa desigual, em estranhos solavancos e levando a calmaria embora, mas ele passa. Mesmo para mim.
(trecho, Lua Nova - cap.4)

A realidade é o pior da dor.
Mas isso tudo vai passar, tudo vai passar.
Crepúsculo - Lua Nova - Eclipse - Amanhecer = ♥
Stephenie Meyer, eu agradeço.
^^

2 comentários:

Stylar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francieli Hess disse...

Olá, vi que há muito tempo você acompanhava o blog http://acalcadadafama.blogspot.com, então vim aqui para lhe avisar que a dona desse blog (agora já inativo) copiou um dos meus textos, e publicou-o lá como se fosse ela a autora, copiando, inclusive, a imagem que pus na postagem. Lamento ter vindo até seu blog somente para falar isso, mas não queria deixá-la enganar mais pessoas.
Bom, como vi que tu gostaste do escrito, fica o convite para visitar o meu blog.
Um beijo.