sábado, 24 de abril de 2010

estátua de pedra morta

Segurança concreta
Sentimento congelado
Sonho ilegível
Ferimento cimentado

É mais seguro ficar no espaço
Ser levada pelo vento e não senti-lo
Se esfolar enquanto tenta ir em frente
Se igualar ao nulo

Queria querer menos
Queria sentir menos
Queria chorar menos
Queria que doesse menos
Queria enxergar menos
Queria falar menos
Queria ouvir menos
Queria sonhar menos
Queria dormir mais...

Sem querer;
Sem sentir;
Sem chorar;
Sem dores;
Sem ver;
Sem falar;
Sem ouvir;
Sem sonhar;
Dormir... Sem mais despertar!

Queria sumir, queria fugir
Estou ficando louca...
Meus gritos internos não me deixam descansar
Minha mente teima em funcionar
Meu coração teima em bater,
...
Quero correr,
Sem rumo,
Mas não tenho aonde chegar,
Ah mas que saco, conte até 10
Vou ali me esconder...

*não quero que me achem u.u

2 comentários:

Camila Ambrosini disse...

Às vezes a vontade do "nada", do "vazio", parece a melhor alternativa mesmo, mas não fique confiante, você nunca conseguirá se esconder das pessoas que gostam mesmo de você ;P hehehehe
Beijos :****

MArraes disse...

Belas palavras, Tainá! Só discordo dá última frase, pois estou muito de acordo com uma máxima do filme Encontros e Desencontros: "everyone wants to be found" ;)